quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Catástrofes Naturais IV

-Parece que tudo está se desfazendo dentro de mim, aqueles medos sendo soterrados, aquela ansiedade maluca impulsionada por café, uma coragem que parecia extinta agora me toma no meio de madrugadas como essa, em que eu não consigo não querer estar com você. Que será? O Big Bang?

-Não, é só amor.

-E é por isso que não dói?

-É por isso que não devia doer nunca.

5 comentários:

Camillo Landoni disse...

Estou com vc,
não devia doer nunca.

BelaTeixeira disse...

NÃO DEVIA DOER NUNCA!

• YuЯi Kiddo • disse...

nem toda dor é ruim, apesar de machucar. é gostoso relembrar do que fomos e como ainda somos, mesmo depois das dores.

Laura Ferreira disse...

Lindo!

Leonardo Pradella dos Santos disse...

mas amar dói...
dói por sabermos que são poucos que amam...