domingo, 2 de agosto de 2009

Use Somebody

- Você sabe, eu poderia usar qualquer um pra me livrar de problemas.

-É.

-Alguém como você, eu podia usar também.

-Não adianta comigo.

-Não adianta mais, eu sei, mas eu podia usar qualquer um e eu não fiz.

-Isso acontece sempre?

-Isso o que?

-Se apaixonar pelas suas vítimas.

-Você foi um erro, só isso.

-Tá, vítima, erro, como queira.

-Não me apaixonei por você.

-Então me usa.

-Não adianta mais com você, não faz mais o efeito esperado.

-Desesperado você quer dizer, quer melhor efeito que esse? Me deixa lá no teu sofá e me leva pra passear às vezes que ta tudo bem pra mim.

-Eu não sou capaz de cuidar nem de mim, toma teu rumo e viva, porque o que me resta agora é desaparecer.

Nenhum comentário: