sábado, 30 de maio de 2009

Quando a gente não mais soube ganhar

-Não precisa disso, sabe a culpa não foi de ninguém.

-Quando foi que isso aconteceu?

-Como assim?

-Em que parte do caminho a gente tomou rumos diferentes?

-Se soubéssemos com certeza não tomaríamos aquele rumo.

-É difícil aceitar isso.

-Acho que o melhor que posso fazer é concordar.

-Você acha que erramos muito?

-O bastante.

-Pra fazer acabar?

-Pra fazer ser uma importante aprendizagem.

-Então, quem vai embora primeiro?

-Acho que não precisamos ir agora.

-Foi no acho que a gente se perdeu.

-Mas eu te achei e foi a melhor parte.

-E depois achou outras várias partes que complementavam a parte maior, não achando tudo, você perdeu e eu perdi junto, só que bem mais feio. Perdi pra mim, me perdi de você...

-Me perdendo você se encontrou?

-Ainda não sei, mas espero que pelo menos algo muito bom eu tenha encontrado, tão bom quanto o que eu perdi.

-Tudo que tem que fazer é não se antecipar.

-Eu apenas não sei por onde começar quando todo mundo é você.

Nenhum comentário: