sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

I love you 'till the end

Nós somos a parte boa um do outro não é?

-Você realmente acredita nisso?

-Sim.

-Então nós somos.

-O que nós faremos?

-Não faremos nada.

-Nós não poderemos ficar juntos, isso é o que me preocupa. O momento é tudo que temos.

-Aproveite o momento.

-É nosso direito?

-É quase um dever, se você não aproveitar, na verdade não acontecerá nada, mas você vai ficar imaginando como seria... Imaginar nem sempre é bom, mas faz parte do processo.

-Eu só estou aqui por você e se você se importasse...

-Eu me importo.

-Então me dê uma razão pra ficar...

-Você pode...

-Não quero escolhas, eu quero apenas uma razão vinda de você e não inventada por mim.

-Eu passaria minha vida inteira com você e te daria um filho, eu te amo e pode parecer precipitado, mas é de verdade. Essas são as minhas razões pra ir atrás de ti se você for embora, mas se o suor das minhas mãos não mostrarem sentimento suficiente, se o tremor nos meus lábios antes de pronunciar cada palavra não for verdadeiro o suficiente, se você não pode sentir as explosões que acontecem dentro de mim a cada abraço que te dou ou penso em dar, eu não insistirei para que fique. Mas se você achar que tudo que lhe digo é verdade, se algum dia meu sorrido te fez sorrir, se os acordes do meu violão fazem teu coração vibrar a cada nova canção, por favor, fique, e eu te darei razões para jamais se arrepender, eu vou te amar até o fim.

7 comentários:

Puro Landoni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Puro Landoni disse...

Desculpa minha dose extrema de estupidez, mas você ainda é a minha doce e eterna amiga, por isso não posso me sentir envergonhado.

Se você sentisse por mim todo esse amor expresso no diálogo, eu ficaria por você, eu ficaria se você me amasse assim, porque hoje você ainda é a única garota sobre a qual eu consigo dizer que amo. Até que eu encontre alguém por aí que me corresponda, vai ser assim. Não vou esquecer você.

Estou me sentindo um adolescente inseguro, acho que é a primeira vez que digo isso tudo pra você e tenho vontade de enfiar minha cara debaixo do meu travesseiro, mas eu preciso mais uma vez dizer que te amo, antes que o novo ano comece.

Eu preciso dizer que amo você, como amigo e como homem, nem que eu diga isso pela útlima vez.

Gostaria que você se importasse, mas de qualquer forma fico feliz por ler textos mais românticos no seu blog, e fico feliz pelo seu coraçãozinho, que parece estar mais vivo do que nunca.

Feliz 2009, Juliana.

Puro Landoni disse...

Quero lembrar você que a chegada de uma ano novo não significa nada em relação ao amor que tenho por minha amiga. Sua incrível beleza continuará me fascinando. Sinto muita falta de você.

Quero que você saiba que eu espero sempre por você, por alguma notícia... Sempre penso como estará minha amiga, como será que está aquela garota maravilhosa e tão especial para mim?

Eu vou te amar sempre, e de uma forma tão especial que somente quem me conhece intimamente e tem a mesma sensibilidade que eu poderá entender.

Mudando de assunto, o André e a Yasmin já estão com os cinco primeiros capítulos do meu livro. e o André Brown quer ler também, mas é óbvio que ele vai ler ^^

Eu estou escrevendo o oitavo capítulo agora. Tenho tantas histórias pra te contar...

Você sempre vai me fazer muito feliz. Não se esqueça do seu amigo... Te amo.

Puro Landoni disse...

Minha terna e eterna amiga, amada, admirada, sonhada Juliana. Acabei de terminar o capítulo 8. Ele é o menor até agora.

Senti saudades de vc e estou aqui tentando aliviar um pouco a falta que vc me faz. Meu pai está ouvindo John Lennon, enquanto eu ouço vc, vejo vc, imagino vc, tudo através do John, dos eu John, mas ao invés de chorar por não ter vc, preferi escrever pra minha amiga, mesmo não tendo nada de importante pra falar a não ser que esse dialogo (I love you 'till the end) é muito bonito, é bonito demais...

E quero dizer também que não me importa se eu não sou correspondido por vc, "eu vou te amar até o fim".

BJule

Puro Landoni disse...

Vc já voltou da viagem? /=

Eu ando escrevendo no meu blog pensando em vc e pra vc, porque meu coração não aguenta reprimir tanto sentimento, tanto amor que sinto por vc; mas e vc, tem lido
o que eu ando escrevendo?

Eu fiz um pedido, o mais louco e maravilhoso pedido de toda minha vida. Eu pedi pelo seu amor, o
bem mais valioso que eu poderia ter, tão valioso que nada supera
em valor e importância pra mim.

Te amo, minha fadinha ruiva.

Puro Landoni disse...

Eu devo ser de verdade muito louco por ainda não ter desistido de você. É que mesmo de longe eu sinto vc, sua presença é muito forte, e é como se nós estivéssemos tão perto...

Mas eu não sei explicar. Se a minha loucura for tão normal a ponto do meu amor por vc ser um erro, eu desisto agora de toda minha bela insanidade.

Te amo.

Bjule ^^

Puro Landoni disse...

E não deixe de mandar recados pra mim, se quiser; eu não respondo em forma de scrap, e se for melhor apagar esses meus comentários, tudo bem, esteja à vontade.