sábado, 15 de novembro de 2008

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Pensamento permanente

Toda vez em que penso em perder algo me dá um medo...-

Principalmente se é algo pelo qual lutamos tanto para conquistar. -

Tem coisas que parecem ser conquistadas, mas no fundo, nunca são realmente nossas e quando eu penso em perdê-las, me dá um baita medo. -

Eu nunca quis tanto que um ano acabasse, não que eu me lembre, mas quando eu penso no que vou perder, meu coração fica apertadinho... -

Pensar em dizer "Não quero você fora da minha vida" é bom, mas dizer e ouvir como resposta um "Eu nunca vou te deixar", é algo incomparável. -

Reclamamos das diferenças, das atitudes, por ciúme, preocupação ou apenas para não perder o costume. Mas pensar que a convivência vai acabar, pensar que tanta coisa vai mudar, é extremamente difícil de aceitar. -

Eu amo em partes. -

As melhores e as piores partes, mas na lembrança, eu só quero o melhor. -

Cada abraço, rodopio, beijo, cafuné, jogo, cada filme, em casa, no shopping, os risos, as cócegas, confidências, fofocas e mais abraços, as palavras doces, os apelidos mimosos e um "Cê qué beijo?" mais que especial. -

Eu amo e eu amo muito! -

Disse e repito, quantas vezes forem necessárias. -

Tudo que o destino me deu, tudo que minha mente é capaz de guardar, enquanto o tempo deixar, eu guardo. -

A melhor parte, a melhor parte de cada um, ninguém pode tirar de mim! -

Eu amo demais pra esquecer... -

DEMAIS.

Juliana Marques.

Ps: Seja por 6 anos, seja por 3 anos, seja por 1 ano... -

Pra quem eu pude conhecer, pra quem fez muitos dos meus dias valerem a pena por algum motivo qualquer. -

O pessoal vai se separar, todo mundo se separa, eu sei... Já foi quase uma vida e mesmo com brigas, muito obrigada por vocês existirem. -

Ao pessoal que foi mais cedo, ao pessoal que visita, aos que me aturam ou aturaram mesmo que por pouco tempo. -

Aos que me fazem sentir uma saudade infinita e incessante, que não ameniza com o tempo. -

Aos que me dizem todos os dias "Bom-Dia". -

Aos sempre presentes. -

Aos que estão por vir. -

Eu amo e vou amar de formas diversas, as melhores e piores partes de cada um. -

Em silêncio talvez... -

Porque eu sou assim, mas ao dizer que amo, meu amor sempre foi e será incondicional.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Take Me Away

Eu tenho todas as palavras, mas não sei como dizer

Eu sei, porque eu já tentei

Você faz com que eu me sinta viva novamente

E eu não sei como dizer

-

Apenas sentir

É tão real

É como se ouvisse você sussurrando

Todas aquelas palavras sem preço pra mim

-

Estar em qualquer lugar em que você esteja

E poder te conhecer

Não precisa olhar em meus olhos

Só seja verdadeiro uma vez

-

Todas as palavras que eu temo em dizer

Como você consegue ser?

Como consegue ser tão importante assim?

É, não há nada de mau nisso

-

Eu quebrei as barreiras

Você quebra os elos que unem

Eu ultrapasso os obstáculos que você coloca

E me machuquei em alguns pelo caminho e você não viu

-

É muito preocupante todo esse jogo sem sentido

Porque quando eu estou com você eu esqueço do tempo

E quando você está comigo, eu sei que gostaria de parar no momento]

Algumas flores não são tão bonitas, mas elas te fazem sorrir

-

Quando eu passo pela multidão eu te procuro

E quando você bebe sem se controlar, fala coisas duras pra mim]

Eu entendo que foi um dia ruim

Amanhã você será meu menino novamente

-

Antes de cada luta meu beijo te marca, te lacra e te salva

Sempre que você me ignora o tempo fecha e chove lá fora

Mas quando eu estou com você

Tudo vira eternidade

-

Quando eu estou com você a nossa música toca

E eu não sei se são as batidas do meu coração

Quando eu penso em você sorrindo

Eu faria qualquer coisa para estar onde você está

-

Juliana Marques

palavrinhas

Minhas palavras não te seduzem,

não chamam a tua atenção,

minhas palavras nascem apagadas quando

falam ao teu confuso e agitado coração.

gfhfhfhghgfhfhghfghffgfhfhfhfhfhf

Minhas palavras não têm sílaba forte

não têm vogal, nem consoante,

minhas palavras nem sílaba têm.

ruuuuurutrryryryryryryryryrr

Mas hoje minhas palavras são

assim como as tuas, que vêm de um peito lancinante

sofrido e libertando palavras que pedindo por uma chance

atraem as minhas também.

tryryryryyryryryryryryryryr

Mas se minhas palavras de ontem não foram ouvidas

por quem diz as palavras que amo,

ainda que sejam palavras tristes e sofridas,

por que insisto em dizê-las, palavras mudas,

por que persisto em expressá-las

num lento e sofrido engano?

ytrytyrytyryryryryryryryryry

Talvez porque quando um peito

tantas vezes se desnuda

nossa vontade se pareça mais

com um amor real que não se acredita

do que com uma indiferença arquitetada,

mas sempre convincente, sempre suscitando

novas e sinuosas palavras;

as tuas, não as minhas palavras não ditas.

dkdkdkdjdjdjdjdjdjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjd

Camillo Landoni

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Um momento de perfeição

Ele me disse que Neruda salvaria o mundo!

E prometeu que no final dançaríamos tango

Ele escreveu histórias sob a luz de candelabros reluzentes

E falou alto, porque era diferente

-

Cremou pessoas para se salvar

Incendiando casas à beira do mar

Teve suas visões deturpadas pela política

Todos seus escritos manipulados pela crítica

-

Se era pra ser, pra que será que se destina?

Se no fim do jogo da sua história de vida

Tinha um 'que' de não se arrepender

Eram suas vontades todas proibidas

-

Ele ia de encontro ao certo, mas fazia o incerto sem saber porque

E perfurou corpos com sua língua afiada

E as palavras dóceis, guardava para as mulheres que encontrava

Um floco de neve único e especial

-

Não era pra ser amor

Nem uma forma de punição

Mas ele tinha um retrato em uma moldura oval

E todos seus pecados eram psicodelicamente focados ali

-

Ele fumava um ou mais.

Cem sonetos de amor e outros cem

Entre goles e tragadas

Era entregue, em pedaços, o alfarrábio

-

Ele não tinha um alterego perdedor para amenizar a sua dor

Ele nunca soube o que foi perder

Mas só depois que perdemos tudo é que estamos livres para fazer qualquer coisa

As coisas que você acha que possui sempre acabam te possuindo

-

Substâncias opacas e luzes foscas

Mãos trêmulas e desorientação mental

Ela acabava com ele...

Ele se acabava por ela

-

Um momento de perfeição vale qualquer esforço.

Um momento é o máximo que se pode esperar da perfeição

A perfeição é tão fugaz...

A perfeição existe?

Suicide Song

Há pessoas querendo se matar

Há muitas outras dispostas a ajudar

Eu sempre tive um que de suicida

Só quero ver onde isso vai parar

-

Tem uma dor sem fim que me consome

Tem um lugar onde eu queria estar

Tudo parece tão longe

E de repente a gente só quer sumir

-

Eu sempre tive um que de suicida

Só quero ver onde isso vai parar

Só quero que uma certa solidão se cale

Só queria não sentir

-

Eu sempre tive um que de suicida

Só quero ver onde isso vai parar

Quando qualquer ajuda parece estar tão longe

Eu só queria não sentir

-

Eu tenho pensamentos ruins

E eu sei que com o tempo tudo piora

Eu tenho métodos

E tenho quem espere meu fim

-

Um dia eu pensei que iria conseguir

Minha maior utopia

Pobre de mim!

Quero me juntar a ti Yoñlu

-

Eu lhe falei que tinha um que de suicida

Ele me disse: “-Eu também”

Eu lhe disse que o queria em minha vida

Ele me disse: “-Tudo bem”

-

E se tudo leva a um lugar

E se todas as respostas levam ao mesmo fim

Só quero estar onde você está.

Eu só quero uma chance pra tentar mudar

Pedaços

Soneto do desamor

O barulho do chicote arrastando na carne

O desejo que evapora no gemido

As mãos a procura de amor límpido

E o doce aroma de suor

Juliana, eu te amo!

Um olhar que desnuda a alma

A Alma desnudada em prazer

O prazer que aquece o tempo

O tempo que faz esquecer

Eu admiro sua inteligência

Um, dois, três gozos opacos sobre si

Cada qual tem seu dono

Cada dono paga um preço

Adoro seus questionamentos

A valiosa arte de saber amar

Amar tão profundamente, um, dois, três

Amar a todos sem amar ninguém

Juliana Marques

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Aumentando a intensidade das ondas sonoras

Quem sabe o que é ter e perder alguém?
Quem sabe o que é ter e perder alguém?
Quem sabe o que é ter e perder alguém?

Sente a dor que eu senti
Quem sabe o que é ver quem se quer partir
E não ter pra onde ir

Faz tanta falta o teu amor...

Te esperar...
Não sei viver
Sem te ter não dá mais pra ser...
Assim

Quem sabe o que é ter sem querer pra si?
Não quer ver outro em mim

Não fala do que eu deveria ser
Pra ser alguém mais feliz

Faz tanta falta o teu amor te esperar
Não sei viver sem te ter não dá mais pra ser assim

Los Hermanos - Quem Sabe
Essa música me deixou com um sorriso imenso durante a caminhada do colégio pra casa. Não que ela seja uma música feliz, na verdade nenhum pouco, mas eu gosto e no fundo mesmo, acho que não tem o que eu não goste nos Los Hermanos, principalmente no Marcelo Camelo e no Rodrigo Amarante. Grandes músicos. E que o fim só mostre o início de um longo começo. Sorte pra todos, pra mim e pra eles. A borboleta amarela de hoje foi um sinal de que a sorte vem ou de que algo se foi?
"Se ela te fala assim, com tantos rodeios, 
é pra te seduzir 
e te ver buscando o sentido 
daquilo que você ouviria displicentemente. 
Se ela te fosse direta, você a rejeitaria." 

Los Hermanos - Sentimental


Então fica bem se eu sofro um pouco mais...



domingo, 2 de novembro de 2008

Je T'aime

- Eu me apaixonei por você alguns meses atrás.

- Você está bêbado cara!

- Você acha que eu sou um idiota?

- Não, não acho.

- Que bom! Porque eu acho...

- Por que?

- Sei lá, só porque você mora milhares de quilômetros de distância de mim e eu preciso beijar você agora.

Tirou-me o sono por dois dias. Dois longos dias. Hoje, me tirou algo maior, bem maior, acho que insubstituível também. Sem dúvidas nunca será a mesma coisa.

O dia mais doloroso de 2008.

E um sentimento que eu não sei o que é.

Não vou deixar de amar você.

Talvez um dia.

Mas é uma possibilidade limitada.

Quase nula.

Anula.

sábado, 1 de novembro de 2008

Por isso eu gosto tanto de você

Quanta felicidade eu "absorvo ao respirar a atmosfera que imediatamente me traz as melhores lembranças, isto é, aquelas capazes de amenizar qualquer tragédia, e que afastam qualquer tipo de fobia, medo, ou depressão: as lembranças da garota mais bonita e feliz que conheci, minha garota especial... "

Por tudo o que a minha amiga maravilhosa e admirável representa para mim, não consigo nunca pensar em você, Juliana, se não for com alegria e um enorme prazer ; sim, porque você me faz sentir muito mais vivo e muito mais feliz.

Do jovem e talentoso escritor que você "acabou de conhecer":

esse 'post' é mais do que uma homenagem a você, é mais do que palavras

que escrevi pensando em você, e que por isso são dedicadas a garota que amo,

é também uma lembrança das horas felizes que eu passei ao seu lado;

uma recordação de um dia memorável, e que não poderia ser diferente,

pois eu sempre soube que você só traz graça e beleza

à vida de quem está junto a você.

Minha amiga é incapaz de entristecer alguém;

a não ser que esse alguém seja uma pessoa muito triste e infeliz.

Se o meu amor por você fosse mesmo um erro,

eu não teria me sentido tão feliz ao seu lado,

e muito menos teria lhe proporcionado horas tão agradáveis.

Isso prova o quanto a felicidade pode ser encontrada

nos momentos e nas coisas mais simples,

basta sabermos aproveitar o instante que temos,

a companhia maravilhosa que temos...

Você soube aproveitar tudo e me fez muito feliz.

Por isso eu gosto tanto, mas tanto de você. ^^

Do seu grande amigo, que te ama muito,

e que está curtindo cada vez mais a nossa amizade,

e não posso esquecer, minha amiga e amada Juliana, que embora você lamente eu estou ainda mais encantado por você, pela minha garota especial.

Mas não, não fique triste... rsrsrs (~~

Allan (C. Landoni)